11 de jun de 2011

                        Influência européia na arquitetura urbana de Pelotas/RS.

3 comentários:

Jorge Freitas disse...

http://portal.iphan.gov.br/portal/montarDetalheConteudo.do;jsessionid=9C589BE0B27A9B0AF042F856F5DD834D

JOrge Freitas disse...

Durante a 35ª Sessão do Comitê do Patrimônio Mundial, que está ocorrendo em Paris este ano, o Iphan,- sob a coordenação e supervisão geral da sua Assessoria de Relações Internacionais (Arin) -, entregou à Delegação Permanente do Brasil junto à Unesco, o Dossiê Técnico das Declarações Retrospectivas dos Sítios Culturais inscritos na Lista do Patrimônio Mundial.

Essas declarações se referem aos bens inscritos entre 1978 e 2006 na Lista do Patrimônio Mundial, que correspondem a dez sítios culturais brasileiros reconhecidos: Ouro Preto (1980), Olinda (1982), Missões Jesuítico-Guaranis (1983/1984), Centro Histórico de Salvador (1985), Santuário de Bom Jesus em Congonhas (1985), Brasília (1987), Parque Nacional da Serra da Capivara (1991), Centro Histórico de São Luís (1997), Centro Histórico da cidade de Diamantina (1999) e Centro Histórico da Cidade de Goiás (2001). A Praça de São Francisco, em São Cristóvão, inscrita no ano passado, não foi incluída por tratar-se de bem recentemente inscrito e as informações exigidas nessas declarações já foram atendidas pelo Brasil.

Jorge Freitas disse...

JOrge Freitas disse...
Durante a 35ª Sessão do Comitê do Patrimônio Mundial, que está ocorrendo em Paris este ano, o Iphan,- sob a coordenação e supervisão geral da sua Assessoria de Relações Internacionais (Arin) -, entregou à Delegação Permanente do Brasil junto à Unesco, o Dossiê Técnico das Declarações Retrospectivas dos Sítios Culturais inscritos na Lista do Patrimônio Mundial.

Essas declarações se referem aos bens inscritos entre 1978 e 2006 na Lista do Patrimônio Mundial, que correspondem a dez sítios culturais brasileiros reconhecidos: Ouro Preto (1980), Olinda (1982), Missões Jesuítico-Guaranis (1983/1984), Centro Histórico de Salvador (1985), Santuário de Bom Jesus em Congonhas (1985), Brasília (1987), Parque Nacional da Serra da Capivara (1991), Centro Histórico de São Luís (1997), Centro Histórico da cidade de Diamantina (1999) e Centro Histórico da Cidade de Goiás (2001). A Praça de São Francisco, em São Cristóvão, inscrita no ano passado, não foi incluída por tratar-se de bem recentemente inscrito e as informações exigidas nessas declarações já foram atendidas pelo Brasil.

28 de junho de 2011 21:30