17 de fev de 2011

Casa histórica de Planaltina, berço de Brasília, ganha novo projeto arquitetônico

Doada a Planaltina, cidade-satélite de Brasília e berço do nascimento da Capital Federal, pela antiga proprietária, para ser utilizada como incentivo à cultura local, às artes e ao esporte como forma de convivência das crianças carentes, a “Casa das Artes Dona Nilda Campos”, recebeu agora um Projeto Arquitetônico que procura adaptar o prédio a um uso contemporâneo e auto-sustentável.

O propósito da autora, a designer de interiores Alda Lando, foi adaptar o imóvel às finalidades originais, de acordo com a intenção da proprietária e, ao mesmo tempo, garantir a preservação do patrimônio histórico regional. Segundo ela, "o projeto se fundamenta em uma análise histórica das formas de preservação do patrimônio cultural e das várias tendências de intervenção utilizadas nos dias atuais, bem como de uma breve reconstituição histórica da cidade". O projeto foi apresentado como conclusão do Curso de Design de Interiores do Instituto de Ensino Superior de Brasília (IESB).

História oral

A Casa, que data do final do século XIX e início do século XX, está localizada no centro histórico da cidade. Apresenta uma arquitetura que os estudiosos classificam como “vernacular”, definida como comum, anônima, repetitiva, própria do lugar, utilizando materiais e recursos locais.

Conforme Alda, os relatos orais dos moradores mais antigos da cidade foram fundamentais para conhecer os diferentes usos da casa ao longo da sua história. Eles permitiram compreender as consequentes modificações internas que ela sofreu até então. "Embora seja um projeto de cunho eminentemente acadêmico, espera-se que ele se constitua numa contribuição à população de Planaltina", complementa.

Contato: aldalando@terra.com.br

------------------------------------------------

Nenhum comentário: